Matemáticos são homenageados pelo governo de Alagoas

Os matemáticos alagoanos Fernando Codá, Manfredo Perdigão, Elon Lages Lima, Edmilson Pontes e Benedito Moraes serão homenageados pelo governo de Alagoas durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) 2017. Com exceção de Moraes, todos tiveram passagens pelo IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada).

Com o tema “A Matemática está em tudo”, a SNCT 2017 acontecerá em todo o Brasil entre os dias 23 e 29 de outubro e faz parte das atividades do Biênio da Matemática. Em Alagoas, a programação contará com cinco eixos temáticos que levarão os nomes dos matemáticos alagoanos, como forma de homenageá-los pelas contribuições prestadas às ciências.

Os polos de atividade terão programação gratuita, com palestras, oficinas, jogos, brincadeiras e atividades lúdicas, na capital Maceió e em três municípios interioranos: Arapiraca, Penedo e Rio Largo.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) de Alagoas, Regis Cavalcante, explica que as ações pretendem explorar o raciocínio lógico e abstrato, estimulando crianças, jovens e adultos a conheceram um pouco mais sobre o universo da Matemática, tão presente no cotidiano.

Sobre os homenageados, o secretário afirma que “são grandes estudiosos da área e nos orgulham por levar o nome do nosso Estado para o mundo, além de contribuírem conosco na popularização da ciência, inovando nas teorias e expandindo conhecimento. Merecem muito esse reconhecimento”.

Fernando Codá Marques

Nasceu em São Carlos (SP), mas passou a infância em Maceió (AL), por isso é considerado alagoano. Em 2012, com André Neves, provou a conjectura de Willmore, problema famoso em geometria diferencial aberto desde 1965. Graduado em Matemática pela Universidade Federal de Alagoas (1999), mestre pelo IMPA (1999), doutor pela Cornell University (2003) e pós-doutor pela Stanford University (2006), é Pesquisador Titular da Universidade de Princeton (EUA).

Manfredo Perdigão
Um dos primeiros brasileiros a se dedicar à pesquisa em geometria diferencial, escreveu artigos de pesquisa e livros sobre o tema. Traduzidas para vários idiomas, suas obras foram usadas em cursos de Harvard e Columbia. Obteve doutorado na Universidade da Califórnia, em Berkeley (1963), orientado por Shiing-Shen Chern. Recebeu a Ordem Nacional do Mérito Científico em 1995 e é membro da American Mathematical Society (AMS). Desde 1966 é pesquisador Titular do IMPA.

Elon Lages Lima
Mestre e doutor pela Universidade de Chicago (EUA), foi pesquisador titular do IMPA até sua morte (maio de 2017) e dirigiu a entidade em três períodos distintos (1969-71, 1979-80 e 1989-93). Autor de 25 livros sobre Matemática, seis dos quais destinados à formação e aperfeiçoamento de professores do Ensino Médio, ganhou duas vezes o Prêmio Jabuti. Destacou-se pelas pesquisas em topologia diferencial, topologia algébrica e geometria diferencial. Coordenou o projeto IMPA-VITAE que, de 1990 a 1995, realizou cursos de aperfeiçoamento para professores de Matemática em 11 cidades de oito estados brasileiros.

Edmilson Pontes
Engenheiro, professor, matemático e ator. É doutor em Geometria Diferencial pelo IMPA (1974), professor catedrático de Matemática do Colégio Estadual de Alagoas e professor de Hidráulica na Escola de Engenharia e de Matemática na Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Desde 2002, dá nome ao Liceu Alagoano, que passou a se chamar Escola Estadual Professor Edmilson de Vasconcelos Pontes, em sua homenagem.

Benedito Moraes
Estudou no Liceu Alagoano no primeiro e segundo graus e formou-se em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Aos 17 anos, foi morar no Rio de Janeiro, onde continuou os estudos e serviu ao Exército. Regressou a Alagoas e começou a lecionar Português e Matemática em sua residência, para poucos alunos. A fama de bom professor se espalhou e sua casa se transformou em uma escola.

Fonte: IMPA
Link da noticia: https://impa.br/page-noticias/matematicos-sao-homenageados-pelo-governo-de-alagoas/