Mensagem do Presidente da SBM

Mensagem do Presidente da SBM

Caros amigos e colegas,

Em nome da Sociedade Brasileira de Matemática, quero desejar um feliz 2018 a todos e votos de um ano cheio de realizações matemáticas e pessoais.

O ano que acaba de iniciar traçará um marco importante na Matemática brasileira, que vive uma fase de forte crescimento. Pela primeira vez, o mais importante evento mundial da Matemática, o International Congress of Mathematicians (ICM), será realizado no hemisfério sul (do planeta), e o nosso país terá a honra de ser anfitrião deste importante congresso. O ICM2018 será realizado na cidade do Rio de Janeiro de 1 a 9 de agosto.

Além deste importante reconhecimento, a Sociedade Brasileira de Matemática acaba de solicitar, junto às autoridades da International Mathematical Union, a promoção do país ao Grupo V da IMU. Trata-se do grupo de excelência da matemática mundial, até agora acessível apenas a um restrito número de países com tradições matemáticas mais antigas que as do Brasil.

Junto com o ICM, muitas instituições acadêmicas do país realizarão importantes eventos satélites, e isso proporcionará a possibilidade de um intercâmbio científico com um número enorme de pesquisadores internacionais da nossa disciplina.

A escolha do Brasil para a realização do ICM foi baseada em diversos fatores. Em primeiro lugar, a matemática brasileira vem demonstrando um crescimento muito evidente em todos os aspectos, tanto na parte de educação como na parte de pesquisa. Todas as ações da SBM tem como objetivos estimular e acompanhar este processo de crescimento.

O segundo fator, não menos importante, é que a comunidade matemática brasileira, bem como a nossa sociedade, oferecem um ambiente genuinamente diverso e multi-cultural, capaz de proporcionar um ambiente acolhedor para pesquisadores e estudantes de todas as partes do mundo. É também um objetivo importante da SBM o de contribuir para a criação de ambientes de estudo e de trabalho respeitosos dos valores da inclusão social.

Quando a SBM decidiu apresentar a candidatura do Rio de Janeiro como sede do ICM2018, tínhamos consciência de que seria necessário um esforço monumental para a realização do evento, junto com a convicção de que seríamos capazes de enfrentar com sucesso todas as dificuldades.  A grande parte do trabalho organizativo foi já realizada nos últimos três anos, mas temos ainda desafios cruciais para os próximos meses.

A força da ação da SBM depende de forma crucial, mais que da atuação de seus dirigentes, da participação de seus associados. Hoje a Sociedade possui em torno de 2000 associados, nas várias categorias, o que coloca a SBM entre as sociedades científicas mais importantes do país e da América Latina. Nossa capacidade de obter atenção e recursos destinados às nossas atividades pelas agências nacionais e estaduais, foi sustentada também pela posição de prestígio que a Matemática soube conquistar dentro do mundo científico do país.

Nosso desejo é o de continuar atuando com objetivos desafiadores. A Sociedade Brasileira de Matemática se reconhece no princípio de que o Brasil é um país que não tem vocação para mediocridade.

Sua associação à Sociedade vai dar força à nossa ação. Entre na nossa página (www.sbm.org.br/) e descubra como ativar/renovar sua associação à SBM para o ano de 2018.

Nos últimos anos, o valor da anuidade da SBM foi reajustada bienalmente ((2012 – R$ 80,00; 2014 – R$ 100,00; 2016 – 120,00). Para este ano, o valor reajustado será de R$ 130 (R$ 65 para estudantes de graduação), com aumento abaixo de todos os índices de inflação conhecidos. Este ano, pela primeira vez, nossos associados terão a possibilidade de fazer uma doação à Sociedade. É importante esclarecer que todos os recursos arrecadados através de doações serão:

(a) colocados numa conta bancária separada da conta principal da SBM;

(b) utilizados para fins específicos, sem entrar nas despesas orçamentárias da SBM.

Em via experimental, o atual objetivo das doações será a criação de um fundo destinado a auxílio creche para participação em eventos de associados com filhos em idade pré-escolar. Trata-se de um primeiro (pequeno) passo na criação de um ambiente mais respeitoso da igualdade entre gêneros na Matemática, que atualmente é uma das prioridades nos objetivos da Sociedade. Nossa atuação nesse sentido vai incluir outras iniciativas, entre as quais a criação de uma Comissão de Gênero, que iniciará a redação de um manual de boas práticas. Espero poder relatar sobre o assunto em breve.

Cordialmente,

Paolo Piccione