Comunicado à Comunidade Matemática Nacional e Internacional

Comunicado à Comunidade Matemática Nacional e Internacional

Hoje, dia 28 de maio de 2020 às 04:15 horas, acordamos e recebemos com imensa tristeza a notícia do falecimento do matemático, escritor, mentor, colega,
professor, orientador, supervisor, mas, sobretudo, amigo Fernando Eduardo Torres Orihuela, conhecido no mundo matemático como Fernando Torres, aos 58 anos. É impossível descrever por meio de palavras os sentimentos que nos envolvem neste instante.

Fernando Torres nasceu no dia 22 de junho de 1961 na cidade de Tarma, departamento de Junin, no Peru, tendo completado naquela cidade o seu ensino
fundamental nas escolas Niño Jesús de Praga e San Vicente de Paúl. Posteriormente, já na capital Lima, concluiu o ensino médio na escola Santo Tomás de Aquino, bem como a graduação (1985) e o mestrado (1988) em Matemática na Pontificia Universidad Católica del Perú. Mudando-se para o Brasil, concluiu o doutorado (1993) no Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), sob a orientação do professor Arnaldo Garcia. Ingressou como docente (1998) no Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Universidade Estadual de Campinas (IMECC/UNICAMP), tornando-se Professor Titular nessa instituição em setembro de 2015. Dedicou grande parte da sua vida à pesquisa na área de Geometria Algébrica, principalmente em temas relacionados às Curvas Algébricas sobre Corpos Finitos, deixando à comunidade científica um enorme legado.

Expressamos nossa profunda gratidão por cada um dos instantes que pudemos conviver com esse que foi, e certamente continua sendo, um grande exemplo para todos nós.

Ao Fernando, que onde quer que se encontre possa receber de cada um de nós os pensamentos do mais sincero e eterno reconhecimento.

Atenciosamente: Familiares, amigos, alunos e ex-alunos do Fernando.

.