Lógica matemática é a linguagem para falarmos com os extraterrestres

Estamos no ano de 2710. Na sequência de inúmeras explorações espaciais, finalmente a humanidade encontrou uma espécie inteligente extraterrestre: os Gödelianos do planeta X314. O contato é muito mais difícil do que previram os cientistas, e até os autores de ficção científica, pois os Gödelianos são uma espécie muito, muito estranha. (*)

Para começar, eles têm quatro sexos: os Verdadeiros, que sempre dizem a verdade; os Mentirosos, que sempre mentem; os Inconstantes, que tanto mentem quanto dizem a verdade; e os Doidos, os mais estranhos de todos, que não seguem as regras da lógica. Uma coisa que complica muito é que, na aparência, os quatro são totalmente idênticos: o sexo de um Gödeliano só pode ser identificado por meio de suas respostas a perguntas.

Lauralina, leitora assídua desta coluna, acaba de ser nomeada a primeira embaixadora da Terra em X314. A sua missão, ajudar na comunicação entre os dois povos, é crucial para a paz na galáxia. Mas primeiro ela tem de ser aprovada pelos Gödelianos, respondendo a uma série de perguntas. O governo alienígena prometeu que neste primeiro contato não participarão Doidos. No mais, Lauralina precisa ter muitíssimo cuidado: os Gödelianos são muito, muito sensíveis em questões de lógica.

 

Leia na íntegra: Colunista Marcelo Viana – Folha de S. Paulo

A Folha de S. Paulo não autoriza a reprodução do seu conteúdo na íntegra para quem não é assinante. No entanto, é possível fazer um cadastro rápido que dá direito a um determinado número de acessos